A MERCANTILIZAÇÃO DA NATUREZA EM 20 ANOS DE POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO ACRE (1998-2018) / THE MERCANTILIZATION OF NATURE IN 20 YEARS OF SUSTAINABLE DEVELOPMENT POLICIES IN ACRE (1998-2018)

Julia Lobato Pinto de Moura

Resumo


Este artigo é uma reflexão sobre as principais transformações na dinâmica territorial e na produção do espaço econômico vivenciadas no Acre neste período de 20 anos de governo liderado pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Procura-se colocar no centro do debate os processos de mercantilização da natureza e desterritorialização das populações tradicionais ocultados pela publicidade política e os limites, dentro da ordem do capital, de um governo progressista. Este artigo é resultado ampliado de uma pesquisa essencialmente qualitativa, iniciada em 2014, durante o curso de Mestrado em Letras: Linguagem e Identidade, no qual discuti o mito do desenvolvimento na Amazônia acreana, entre os anos 1999-2015. O caminho teórico-metodológico que embasou a reflexão teve como referenciais autores ligados ao campo dos Estudos Culturais como Raymond Williams (2011), além de um amplo conjunto de dissertações, teses e publicações sobre o Acre e suas transformações mais recentes, que produzem contra-discursos com as quais dialogo. Ao longo da análise procuro identificar a dinâmica de produção do espaço e os aspectos econômico-ecológicos deste ciclo de governança, e como as transformações que fizeram do Acre um pretenso “modelo” de sustentabilidade inserem-no em um contexto mais amplo de reordenamento do capital global diante da crise ambiental e todas suas dimensões.


Texto completo:

PDF

Referências


ACRE. Lei nº 1.277 de 13 de janeiro de 1999, que dispõe sobre a concessão de subvenção econômica aos produtores de borracha natural bruta do Estado do Acre. Diário Oficial, nº 7.444, de 13 Jan. 1999.

ACRE. Lei nº 2.308, de 22 de outubro de 2010. Cria o Sistema Estadual de Incentivos a Serviços Ambientais - SISA – o Programa de Incentivos por Serviços Ambientais – ISA Carbonos e demais Programas de Serviços Ambientais e Produtos Ecossistêmicos do Estado do Acre. Diário Oficial do Poder Legislativo do Acre, Rio Branco, AC, n. 10.414, 05 nov. 2010.

ACRE. Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Acre, Fase II, (Escala 1:250.000): Documento Síntese. 2 ed. Rio Branco: SEMA, 2010.

ACRE, Secretaria de Estado de Planejamento – SEPLAN. ACRE EM NÚMEROS 2013. Disponível em http://goo.gl/iqerlB. Acesso 07/01/16

BRASIL. Lei de Florestas Públicas. LEI Nº 11.284, DE 2 DE MARÇO DE 2006. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11284.htm

CARTA DO ACRE. Em defesa da vida, da integridade dos povos e de seus territórios e contra o Redd e a mercantilização da natureza. Rio Branco, 2011. Disponível em http://terradedireitos.org.br/wp-content/uploads/2011/10/Carta-do-Acre.pdf Acesso: 23/10/2015.

CASTELO, Carlos Estevão Ferreira. Experiências de seringueiros de Xapuri no estado do Acre e outras histórias. (Tese) Doutorado História Social. São Paulo: USP, 2014.

DIEGUES, Antônio Carlos. O Mito Moderno da Natureza Intocada. São Paulo: Editora HUCITEC , 2001.

EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), Análise Econômica para a Pecuária de Corte em Pastagens Melhoradas no Acre, Circular Técnica, 2010. Disponível em http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/CPAF-AC-2010/23476/1/circtec-n51.pdf Acesso em 06/01/2016.

FAUSTINO, Cristiane, FURTADO, Fabrina. Economia Verde, Povos das Florestas e Territórios: violações de direitos no estado do Acre. Relatoria Nacional de Direito Humano ao Meio Ambiente. Rio Branco (AC), 1ª Edição, 2015.

GUIMARÃES JR, Isac de Souza. A construção discursiva da florestania: comunicação, identidade e política no Acre. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Mediação). Niterói: UFF, 2008.

LIMA, Ana Carla Clementino de Palácio Rio Branco: Linguagens de uma arquitetura de poder no Acre. Dissertação (Mestrado em Letras Linguagem e Identidade) Rio Branco: UFAC, 2011.

MORAIS, Maria de Jesus. “Acreanidade”: Invenção e reinvenção da identidade acreana. (Tese) Doutorado em Geografia, Fortaleza: UFC, 2008.

PAULA, Elder Andrade de. Capitalismo verde e transgressões: Amazônia no espelho de Caliban. Dourados-MS : Ed. UFGD, 2013.

PONTE, Karina Furini. O desenvolvimento sustentável e o controle social da natureza e do trabalho : um estudo a partir da Fábrica de Preservativos Masculinos de Xapuri (AC). (Tese) Doutorado em Geografia- Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente: [s.n], 2014.

PORTO-GONÇALVES, Carlos Walter. Os (des)caminhos do meio ambiente. São Paulo: Contexto, 2006.

PROJETO DE LEI Institui a Política Nacional dos Serviços Ambientais, o Programa Federal de Pagamento por Serviços Ambientais, estabelece formas de controle e financiamento desse Programa, e dá outras providências. Disponível em: http://www.camara.gov.br/sileg/integras/667325.pdf Acesso em 06/01/2016.

RAMIREZ, Roberval. A atividade de comércio no Acre. Disponível em: http://www.fecomercioacre.com.br/artigos/a-atividade-de-comercio-no-acre/. Acesso em 06/01/2016.

SCHMIDLEHNER Michael F. A Função estratégica do Acre na produção do discurso da Economia Verde In: CIMI, Regional Acre. Dossiê Acre: O Acre que os mercadores da natureza escondem. Documento especial para a Cúpula dos Povos - Rio de janeiro, 2012.

VIANA, Ana Paula Bousquet. Palácio Rio Branco: O Palácio que virou museu. Mestrado profissional em bens culturais e projetos sociais. Fundação Getúlio Vargas. Programa de Pós Graduação em História. Rio de Janeiro: FGV, 2011.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e Sociedade: de Colerigde à Orwell Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.


Apontamentos



GeoAmazônia. Todos os Direitos Reservados.
Print ISSN: 1980-7759 (impresso)
eISSN: 2358-1778
DOI da Revista GeoAmazônia: 10.17551/2358-1778/geoamazonia

Indexadores: DOAJ - Latindex - Periódicos da CAPES - Crossref -  BASE - DRJI -Open Science Directory/EBSCO - Google Acadêmico - Wordcat - Index Corpenicus - Suncat - SUDOC - COPAC - Scilit - ERIH PLUS - REDIB (antigo E-Revista) - EZB - Sumários - LivreEuropub - ZDB - GIGA - CIRC - Openaire - OAJI - Jifactor - Diadorim - MIAR - Citefactor - Journal Factor - Infobase - Biblioteke Virtual - Sindexs - Researchbib - PBN - SHERPA/ROMEO - ZB MED - La Referencia - REBIUN - World WideSciente. Org