A PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO SEGREGADO: A FAVELA COMO FÓRMULA DE SOBREVIVÊNCIA – NOTAS SOBRE A REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE VITÓRIA-ES

Francismar Cunha Ferreira

Resumo


A presente nota busca problematizar as favelas na Região Metropolitana da Grande Vitória - ES (RMGV-ES). Objetiva analisar a distribuição espacial das favelas, suas características morfológicas no sítio urbano e suas características demográficas. Constatou-se que 11,02% do espaço da mancha urbana da região se constituí como favelas e que nesse nesses espaços residem 10,97% da população urbana da RMGV. Esses números podem ser maiores tendo em vista as limitações metodológicas do levantamento desses dados e também em função da falta de pesquisas em escala metropolitana sobre a problemática. Tal falta revela assim, uma falta de conhecimento de maneira precisa do processo de favelização na RMGV.
Palavras chaves: Favelas; Espaço urbano; Segregação; Região Metropolitana da Grande Vitória.


Texto completo:

PDF

Referências


DAVIS, Mike. Planeta favela. São Paulo: Boitempo, 2006.

HARVEY, David. O enigma do capital e as crises do capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2011.

HARVEY, David. Cidades Rebeldes: do direito à cidade à revolução urbana. São Paulo. Martins Fontes. 2014

KOWARICK, Lúcio. A espoliação urbana. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1979.

LEFEBVRE, H. A Revolução urbana. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002

MARICATO, Ermínia. As ideias fora do lugar e o lugar fora das ideias: Planejamento urbano no Brasil. In. ARANTES, Otília B. F.; MARICATO, Ermínia; VAINER, Carlos B. A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

SOUZA, Marcelo José Lopes. O bairro contemporâneo: ensaio de abordagem política. Revista do IBGE, RBG. Volume 51. n. 2, 1989. p. 139-172.

SOUZA, Marcelo Lopes de. A prisão e a ágora: reflexões em torno da democratização do planejamento e da gestão das cidades. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


GeoAmazônia. Todos os Direitos Reservados.
Print ISSN: 1980-7759 (impresso)
eISSN: 2358-1778
DOI da Revista GeoAmazônia: 10.17551/2358-1778/geoamazonia

Indexadores: DOAJ - Latindex - Periódicos da CAPES - Crossref -  BASE - DRJI -Open Science Directory/EBSCO - Google Acadêmico - Wordcat - Index Corpenicus - Suncat - SUDOC - COPAC - Scilit - ERIH PLUS - REDIB (antigo E-Revista) - EZB - Sumários - LivreEuropub - ZDB - GIGA - CIRC - Openaire - OAJI - Jifactor - Diadorim - MIAR - Citefactor - Journal Factor - Infobase - Biblioteke Virtual - Sindexs - Researchbib - PBN - SHERPA/ROMEO - ZB MED - La Referencia - REBIUN - World WideSciente. Org